Sem tempo para nada!

Há uns dias quis ver um filme inspirador, daqueles que nos dão um banho de esperança e uma mensagem de força no final. Pode parecer cliché, eu sei, mas há momentos para tudo. Naquele dia apetecia-me ir por este caminho. Escolhi, por acaso, apesar de acreditar que tudo tem um sentido, o filme “Sem Tempo”, […]

Read More Sem tempo para nada!

Marcas do passado

Sempre que se aproxima o meu aniversário penso em tudo. No presente, no futuro, mas mais no passado. Porquê? Não sei. É instintivo. Se calhar porque os anos passam e a vida vai ficando para trás. É mais um ano, mais 365 dias em cima, mais não sei quantas horas que se apoderam de nós… […]

Read More Marcas do passado

“Vou matar-me!”

“A ideia do suicídio é geralmente parar a dor e não pôr fim à vida!” É setembro e fala-se de reinícios, ou como se diz popularmente… a rentrée. É a altura do regresso ao trabalho depois de uns dias de férias, do regresso às aulas, de vários novos projetos, de recomeços inesperados, de mudanças…, no […]

Read More “Vou matar-me!”

CARTA DE DESPEDIDA

Esta carta não é destinada a ninguém em específico, é só e apenas o meu agradecimento a tudo aquilo que me rodeia. Um dia que tudo acabe, esta é a minha marca enquanto ser humano para um Planeta que me acolheu a mim e a outras tantas milhões de espécies animais e humanas. Acima de […]

Read More CARTA DE DESPEDIDA

Choro em silêncio.

O título pode parecer demasiado sensacionalista, não o nego, mas é a minha verdade. Um dos grandes objetivos deste blog, entre outros, é dar-vos a conhecer aquilo que eu sou. Já conhecem muito de mim, mas gostava de levantar um pouco mais a ponta do véu. Chorar. Para muitos um pesadelo, para outros um tabu […]

Read More Choro em silêncio.